Homem 'morto' após beber demais acorda em necrotério e volta para bar

Na cidadezinha de Kamienna Gora, na Polônia, Kamil, um homem de 25 anos,desmaiou depois de uma noite regada a doses de vodka e foi levado ao hospital, onde as tentativas de reanimá-lo falharam completamente (ou pelo menos assim pensaram os profissionais de saúde que tratavam de seu caso). A morte do jovem foi então atestada e parada cardíaca foi a causa mortis determinada pelos médicos.

O suposto defunto foi logo enviado para o necrotério do estabelecimento de saúde, como é usual em casos assim. Lá, o que deveria ter sido o começo de seu descanso eterno foi interrompido quando ele recuperou a consciência e se viu trancado dentro de um refrigerador mortuário, em cuja porta, apavorado, começou logo a bater. Um guarda do hospital, que inicialmente pensou que o barulho era causado por uma prosaica tentativa de roubo, foi investigar a situação e percebeu que o barulho, na verdade, vinha do setor de congeladores mortuários, mais especificamente do lado de dentro de um congelador mortuário. Segundo ele próprio, abriu “com as mãos tremendo” uma das portas e encontrou um cadáver (não tão cadáver assim, sabe-se agora) despido e enregelado pedindo um cobertor. O guarda chamou um médico e a polícia.

Depois de ter sua identidade estabelecida e ser submetido a alguns exames que, presume-se, provaram que ele estava realmente vivo e não só fingindo, o ex-defunto teve suas roupas devolvidas e recebeu alta do hospital, voltando ao bar para comemorar sua vida pós-morte, provando que não aprendeu nada com a confusão toda.

O caso lembra outro acontecido na Rússia em dezembro de 2015, que também ganhou repercussão mundial. Um homem, cuja identidade não foi revelada à imprensa, desmaiou depois de beber muita vodka em um bar. Seus companheiros de noitada chamaram uma ambulância para que ele pudesse ser socorrido e os médicos decidiram que ele estava morto. Depois de acordar em um necrotério, o homem, que estava inicialmente confuso e incapaz de reconhecer o lugar onde despertara do que se esperava fosse ser seu sono eterno, resolveu voltar para a diversão no bar.

6 coisas que os homens gostariam que as mulheres parassem de fazer

Os namorados hão de concordar: as namoradas são ótimas, mas ninguém é perfeito, e há algumas coisas irritantes que muitas mulheres fazem – e seria ótimo se parassem de fazer. Citamos alguns exemplos a seguir.

1 – Exagerar na maquiagem

Evidentemente, nenhum mal em usar maquiagem, mas, muitas vezes, o que faz a diferença entre o remédio e o veneno é a dose mesmo. Maquiagem em exagero, em vez de realçar a beleza já existente, acaba por obscurecê-la. Fica algo artificial e desagradável. Não é só opinião masculina: se consultarem seu bom senso, elas vão reconhecer que com a maquiagem vale a famosa “regra três, onde menos vale mais”.


2 – Ficar julgando as outras mulheres

Mulheres são julgadas o tempo todo. Julgadas na vida sentimental, julgadas como mães, julgadas como esposas, julgadas até como enfeites, parece. Uma mulher com uns quilinhos a mais (a mais do que quem, quem decide qual é a base para comparações?) que ouse compartilhar fotos de maiô arrisca-se a ser acusada de não ter senso de ridículo. Problemas com as crianças são culpa da mãe – raramente alguém se lembra do pai. Na vida sentimental, há dois pesos e duas medidas, como a diferença de tratamento recebido por “galinhas” e “garanhões” deixa bem claro. Enfim, sociedade injusta, machista, etc. Sem dúvida, mas cerca de 50% dessa “sociedade” é formada por mulheres e, em muitas ocasiões, as mulheres aderem tão prontamente ao pelotão de fuzilamento de reputações femininas quanto os homens, talvez até mais prontamente.

Então, um pouco menos de pressa e gosto em julgar e condenar outras mulheres, por favor. Já é terrível quando homens fazem isso, mas, quando esse tipo de barbaridade vem de uma mulher, é de fazer perder a fé na Humanidade.

3 – Culpar a TPM por tudo

A TPM, tensão pré-menstrual, existe, claro, e os homens sabem que ela causa incômodo físico e psicológico, deixando a mulher mais irritável e sujeita a atitudes impensadas. Perfeitamente justo ceder um pouco de espaço de manobra à mulher nesse período complicado. Com um pouco de bom senso, o casal se entende. Absurdo é usar a TPM como desculpa cômoda para tudo que é atitude pouco civilizada.

Sim, é uma rua de mão dupla: há também os homens que fazem uso da TPM para fazer pouco de qualquer opinião mais incisiva da cara-metade -- mesmo que ela, na verdade, não esteja em um “daqueles dias”. Sim, a TPM interfere na vida das mulheres – e respeito pelas necessidades delas, é ótimo --, mas TPM não é desculpa nem para tratar o resto do mundo como saco de pancadas nem as mulheres como idiotas.

4 -- O infame biquinho na hora de tirar fotos

Alguém acha graça no biquinho nas fotos? Por que ele se espalhou tanto entre as mulheres? Sinceramente? Já passou da hora de aposentar o biquinho na hora de tirar retratos.

5 – Bancar a paranoica

Traições, infelizmente, acontecem, e, dizem, a traída costuma ser a última a saber. Normal, portanto, que a mulher queira esclarecer situações suspeitas, mas se a relação se tornou uma eterna fiscalização da vida dele, se a palavra dele não merece confiança, se ela precisa cercá-lo, vigiar cada telefonema que ele dá ou recebe, talvez seja o caso de acabar com o #Relacionamento, ponto final. Continuar assim não é saudável para nenhum dos dois.

6 – Ficar se comparando a outras mulheres

A eterna comparação com outras mulheres – do círculo de amizades, meras conhecidas, famosas, etc. não é saudável. Melhor gostar de si mesma, dar um chute na insegurança e cuidar da própria vida, não é?

Este veneno destrói seus ossos. Mas todo mundo bebe, algumas pessoas diariamente!

Nos primeiros minutos, seu corpo é bombardeado com açúcar. Para ser preciso, 10 colheres de chá de açúcar disparado através do corpo, uma dosagem que é 100% da utilização diária prescrita. Seu corpo é impedido de começar a vomitar freneticamente graças aos fosfatos que escondem o sabor.
Depois de 20 minutos

Sua ingestão de glicose e insulina é enorme descarrega de uma só vez. Seu fígado começa a trabalhar imediatamente e transforma o açúcar acessível em gordura.

Depois de 40 minutos

A esta altura, a cafeína contida na Coca-Cola ja foi totalmente absorvida pelo organismo. O fígado joga mais açúcar em sua circulação e aumenta a tensão circulatória. Você não se sente ansioso ou exausto como resultado dos receptores de adenosina no seu cérebro que atualmente estão bloqueados.
Depois de 45 minutos

Seu corpo libera mais dopamina, que estimula o foco de prazer do seu cérebro. Isto se da mesma forma em que a heroína atua.
Em 60 minutos

O ácido de fosfato até o zinco, cálcio e magnésio vão parar no seu sistema digestivo inferior, adicionalmente, impulsionando sua digestão. Isto é misturado pela enorme dose de açúcar e adoçantes simulados que bloqueiam a descarga de cálcio através da urina.

Após 60 minutos

Esta é a parte quando as propriedades diuréticas da cafeína começam a agir. Você vai sentir vontade de ir ao banheiro. Todo o zinco, cálcio e magnésio que eram para os teus ossos são descarregadas, assim como a água, sódio e eletrólitos.

Um pouco depois de 60 minutos

A queda de açúcar aparece quando desaparece o alto astral. É provável que você ficar preguiçoso e mal humorado. Por esta altura, você já libertou-se da água que estava presente na Coca-Cola. No entanto, deixou seu corpo antes de realçá-lo com todos os suplementos importantes e radiantes, necessários para o seu corpo. Eles poderiam ter reforçado seu ossos ou dentes, ou fornecido pelo seu sistema digestivo. Finalmente, o risco de desenvolver diabetes e a necessidade de usar uma bomba de insulina, tem aumentado.

Muitas pessoas simplesmente não estão cientes de que esta bebida efervescente, macia pode fazer ao corpo. É por isso que estes dados devem chegar como muitos indivíduos quanto possível, para que saiba a verdade e parar de ser mantido no escur
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...